POPULINA PARTICIPA DE REUNIÃO DA REGIÃO TURÍSTICA MARAVILHAS DO RIO GRANDE EM RIOLÂNDIA

Na manhã desta segunda-feira, 24 de julho, prefeitos e representantes do COMTUR (Conselho Municipal de Turismo), e dos municípios alocados na região turística “Maravilhas do Rio Grande”, se reuniram na cidade de Riolândia. O encontro teve como pauta a definição do regimento interno do Fórum Permanente de Turismo, assim como a votação de sua diretoria e definição da logomarca representativa.

 

Com o mapa atualizado a região inserida no Mapa Turístico Brasileiro ficou composta por 11 municípios; Mira Estrela, Cardoso, Indiaporã, Riolândia, Fernandópolis, Meridiano, Guarani D’Oeste, Ouroeste, Populina, Votuporanga e Pedranópolis.

 

Fórum Permanente de Turismo Região Maravilhas do Rio Grande

 

A meta do Fórum é desenvolver projetos específicos por meio de uma nova concepção em fazer e desenvolver o turismo, buscando parcerias, estimulando investimentos, incentivar e integrar os diversos setores envolvidos no processo, utilizando-se de estratégias ambientais, econômicas, culturais e sociais que assegurem o crescimento socioeconômico da região.

 

Com a votação realizada a diretoria do fórum ficou composto por seis membros;

 

Presidente: Maria Aureliana (Mira Estrela)

Vice-Presidente: Edson Genari (Votuporanga)

1º Secretária: Dayse Pereira (Riolândia)

2º Secretária: Rosana Scapin (Indiaporã)

Diretor de Comunicação: Jean Lipter (Mira Estrela)

Diretor Adjunto de Comunicação: Cezar Felisbino (Ouroeste)

 

Mapa Turístico Brasileiro

 

As cidades alocadas em uma região apresentam características e potencialidades similares e complementares, capazes de serem articuladas e que definem um território, delimitado para fins de planejamento e gestão.

O Mapa do Turismo Brasileiro é um instrumento de orientação para a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento de políticas públicas, tendo como foco a gestão, estruturação e promoção do turismo, de forma regionalizada e descentralizada. Sua construção é feita em conjunto com os órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros. Ou seja, a definição de uma região turística é extremamente necessária para que as ações do ministério cheguem às regiões com verdadeiro potencial turístico.

 

 

 

 FOTO 1: Prefeitos e representantes dos municípios da região turística “Maravilhas do Rio Grande”

 

 

Compartilhar